quinta-feira, 6 de junho de 2013

Ivomec para caes funciona?

Essa cachorrinha linda ai em cima é a Lady. A pouco tempo eu estava com um grande problema em relação a quantidade de pulgas que a Lady tinha. E já havia tentado mil e uma maneiras de acabar com as pulgas MAS NADA ADIANTOU. Então comentando com uma vizinha ela me falou sobre um remédio "infalível" que ela aplicava em seus cães, o ivomec. Fiquei super entusiasmada e fui logo a casa de raçoes comprar a tal vacina milagrosa. Eles nem me perguntaram sobre o peso da cachorra e foram logo concluindo que ela deveria tomar certa quantidade da vacina, disseram que eu mesma podia aplicar mas que precisaria de alguém que segurasse a Lady pois o medicamento dói muito ao entrar em contato com a pele. Então cheguei em casa pedi ao meu marido que segurasse a Lady e apliquei. Mas a Lady gritou muito,parecia que eu estava aplicando soda caustica nela. Assim que a soltamos a Lady já estava mancando,e não conseguia se apoiar na pata traseira. Reparei que o local da aplicação estava inchado, mas não dei muita bola pensei que fosse passar...Passaram se os dias e a Lady só piorava,foi ficando prostrada,teve febre e mal se levantava do lugar, pensei que ela ia morrer. Tive uma tristeza horrível de pensar que eu havia causado tanto sofrimento pra minha cachorrinha. Ela estava tao saudável antes da vacina! Então fui para internet pesquisar sobre o IVOMEC, e descobri que era um medicamento para GADO, e não deveria ser aplicado em cães. Descobri que muitas pessoas aplicavam em cães, mas que era muito perigoso e podia até matar. Quando fui pesquisar sobre os efeitos colaterais descobri que a Lady teve muita sorte pois não apresentava nem metade dos sintomas que a maioria dos cães apresentam. Como erupções na pele, dores nas juntas, febre, dor abdominal, aumento doloroso dos gânglios linfáticos, principalmente dos axilares, cervicais e inguinais, e, nos casos mais graves, febre alta, taquicardia, hipotensão (queda da pressão arterial), vertigem, dores musculares, dor de cabeça, prostração, dores articulares, diarréia, edema facial e periférico que exigem tratamento intensivo. Edema de pálpebra ocular , uveíte (inflamação da camada pigmentada do olho e formada pela íris, coróide e corpo ciliar) anterior, ceratite (inflamação da córnea), conjuntivite, coriorretinite e coroidite que, nos casos mais graves, podem levar à cegueira." Também pode causar problemas cerebrais e levar a morte. Felizmente a Lady depois de alguns dias,tomando medicamentos e recebendo muito carinho melhorou. E hoje corre por todos os lados fazendo bagunça, como se nada tivesse acontecido. As pulgas mesmo com a aplicação não sumiram. Para controlar as pulgas detetizei todo o quintal com Butox e dou banho na Lady semanalmente... Que bom que apesar da minha falta de informação e da irresponsabilidade da casa de raçoes a Lady sobreviveu... Concluindo: DEFINITIVAMENTE IVOMEC Não FUNCIONA E PODE LEVAR A MORTE DO SEU Cão. Não APLIQUEM DE MANEIRA ALGUMA IVOMEC em seus cães.

15 comentários:

  1. já apliquei ivomec até na minha sogra e resolveu....

    ResponderExcluir
  2. já apliquei IVOMEC até na minha sogra e resolveu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KKK Voce matou sua sogra? Rs
      Ou ela estava com pulgas?
      Ivon que bom que nada de mal aconteceu no seu caso!
      O que eu escrevo nao e a verdade absoluta, e simplismente a experiencia que eu tive!
      Obrigada por comentar sua opiniao!

      Excluir
    2. A ivermectina, que o principio ativo do ivomec é usado até em humanos salvo os alérgicos. Tenho alguns cães e uso a ivermectina para o controle da sarna e outros parasitas. Porem um dos meus cães demonstro reações alérgicas. Solução: nada de ivermectina para ele. Para controle de pulgas e carrapatos temos hoje o fipronil que é o principio ativo de medicamentos como frontiline. Eu utilizo o produto para gado conhecido como topline que custa muito mais barato e o resulta é incrível, nenhuma pulga sobrevive parece magica. Uso a proporção de 1,5 ml para 10kg de peso. Em 2 anos nenhum problema com meus 6 cães.

      Excluir
  3. Ivomec matou meu cãozinho!!!!!! To me sentindo tao culpado! Agropecuária e pets shops querem vender e vender . que tristeza!

    ResponderExcluir
  4. Ivomec deve ser colocado na boca do animal comp medicação oral e não me injetável.

    ResponderExcluir
  5. Graças a Deus dei uma doze oral ao meu cão e ele não teve nenhum efeito colateral e ainda vou dar a segunda doze,porque ele melhorou muito, das pulgas e carrapato que tinha,acabou quase todas.

    ResponderExcluir
  6. Eu já usei Ivomec numa cachorra com sarna e foi a única coisa que resolveu. Ela era pequena, tinha no máximo uns 8 quilos e era muito arisca, não havia tratamento tópico que funcionasse, pois ela morava na rua e era difícil pegá-la para aplicar os tópicos. Fizemos uma injeção com a dosagem já certa da agropecuária e uma segunda aplicação depois de um mês. Funcionou muito bem. Também usei meia dose em outra cachorra grande, de 30 quilos, com uma alergia persistente a pulgas e funcionou muito bem também. Nenhuma delas sentiu dor na injeção. Não sei se foi o caso, mas é preciso muito cuidado na hora de aplicar injeção, para evitar contaminação e bolhas de ar, isso sim pode ser fatal.

    ResponderExcluir
  7. ivomec se aplica embaixo da pele e não no musculo, se saiu mancando pegou no musculo, embaixo da pele e na dosagem certa não tem risco, utilizo ivomec nos meus 3 cachorros e uso até em passaros, mas cada animal tem uma dosagem diferente, é preciso muito cuidado na dosagem e aplicação e não haverá riscos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Correto!!! É aplicação sub-cutânea e não intramuscular. Nem sequer dói.

      Excluir
  8. Se está na internet, então é lei!
    Claro que não. (Para quem não entendeu o sarcasmo)
    A internet é fonte de informação, mas com cautela.
    Uso Ivomec há mais de 10 anos nos animais de casa (cães e gatos) e nunca tive problemas, pelo contrário, foi solução para muitos deles!
    Quem indicou pela primeira vez foi um veterinário.
    Como todo medicamento do universo, tem animais e pessoas que são sensíveis aos componentes da fórmula.
    Já falar que Ivomec não funciona, isso é heresia.
    Não é pq uma pessoa é diabética que ela tem que odiar doces!
    Uma coisa não tem nada haver com a outra.
    E antes de medicar um ser humano ou animal, que tal procurar um médico, que estudou p isso?!
    Ler bula e fuxico de internet é encher a cabeça de informações desnecessárias.
    A diferença entre o remédio e o veneno, em muitas vezes, é a dose.
    Em toda cidade há médicos veterinários que atendem com boa vontade e nos esclarecem por preço acessível.
    Ter um animal é como filho: não pode negligenciar!
    Leve sempre que puder ao médico.

    ResponderExcluir
  9. pessoas q usam top line, preciso de uma ajuda, eh sobre a dosagem pro meu pastor canadense. ja andei pesquisando muito, e tem gente q fala em 1ml/10kg, tem outros q falam em 1ml/1,4kg... gostaria de opnioes de quem usa o produto. obrigado

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. Gente o medicamento não faz mal, a dose a ser aplicada é conforme medicação calculada em pediatria a dose a ser feita e por regra de três. A bula nos fornece que deve ser usado 1 ml a cada 30 kg, se o cachorro tem 15 kg usa se 0,5 ml, 10 kg usa se 0,3. Uma simples regra d três e conseguimos a dose.
    A vacina deve ser dada subcutânea e não INTRAMUSCULAR , por isso sua cachorrinha teve tantas reações. Esse aplicação deve ser dada por alguém com um mínimo de conhecimento na área da saúde. E só levantar a pele na parte do quadril do cachorro e inclinar a 45 graus a agulha, puxar o embolo da seringa um pouco para ver se não acertou um vaso e assim vacinar. Na farmácia ou na loja de agropecuária eles ensinam. A medicação não mata se assim for dada a dose certa.

    ResponderExcluir